Município da Sertã celebra o 25 de Abril

De 21 a 25 de abril o Município da Sertã vai celebrar o 25 de Abril com um programa evocativo. As comemorações iniciam-se a 21 de abril, às 16h45m, no Edifício dos Paços do Concelho com a Apresentação Musical “25 de Abril pelo Grupo Coral do Sertanense” com direcção artística do Maestro Paulo Reis.

A 22 de abril, sábado, a Casa da Cultura da Sertã vai acolher o Concerto da Liberdade da Filarmónica União Sertaginense. Com início às 21h30m e direcção artística a cargo do Maestro Daniel Frazão, o concerto apresentará alguns dos temas mais emblemáticos de cantautores bem conhecidos, diretamente ligados à revolução dos cravos através da escrita de canções de intervenção. Serão interpretados temas de Zeca Afonso, Vitorino Salomé, Fernando Tordo e Paulo de Carvalho, nas belíssimas vozes sertaginenses de Paloma del Pillar e José Santos.

No dia seguinte, 24 de abril, às 21h30m, a Casa da Cultura da Sertã vai ser palco do concerto de Pedro Jóia, um dos maiores guitarristas portugueses. Pedro Jóia irá interpretar, em versões para guitarra e percussões, acompanhado pelo grande percussionista José Salgueiro, temas emblemáticos de José Afonso, um dos criadores máximos da música popular portuguesa e patriarca de gerações posteriores de cantautores nacionais. A guitarra era o instrumento de partida das canções do Zeca e, como tal, grande parte da sua música deriva das nuances deste instrumento. Pedro Jóia também interpretará composições suas e de outros universos musicais que lhe são próximos fazendo deste espectáculo uma viagem pelo mundo da guitarra. Os concertos têm entrada gratuita mediante apresentação de bilhete que deverá ser levantado antecipadamente na Casa da Cultura da Sertã.

A 25 de abril, às 9h30m, decorrerá o Hastear da Bandeira Nacional, no Edifício dos Paços do Concelho ao som da Sociedade Filarmónica Aurora Pedroguense sob a direcção artística do Maestro Pedro Cordeiro. O Cineteatro Tasso do Clube da Sertã acolhe às 16 horas o concerto do Grupo de Cavaquinhos da Sertã, que encerrará as comemorações. Refira-se que, em 2023, assinalam-se 49 anos da Revolução do 25 de Abril. Na madrugada de 25 de abril de 1974, o Movimento das Forças Armadas ocupou locais estratégicos na cidade de Lisboa e derrubou a ditadura do Estado Novo, num momento marcante para o país, que ficou também conhecido como a “Revolução dos Cravos”.

Outros artigos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Back to top button
Close
Close