“Aqui, as estrelas brilham mais perto”. Pampilhosa da Serra, Góis e Arganil “A Um Palmo do Céu na BTL

Imagine ir ao céu sem tirar os pés da terra”. Foi este o desafio emocional que os Municípios de Pampilhosa da Serra, Góis e Arganil fizeram, ontem, a quem acompanhou apresentação do projeto “A Um Palmo do Céu”, na BTL – stand da CIM Região de Coimbra.

Num ambiente apaziguador e “aspiracional” – o mesmo que sente debaixo do céu noturno destes territórios –, o astrónomo e comunicador de ciência, José Matos, e o apresentador João Paulo Sousa reuniram de forma sublime as caraterísticas e as emoções de uma atmosfera noturna inigualável, que se afirma, cada vez mais, como um atrativo turístico diferenciador destes 3 Municípios, “onde as estrelas brilham mais perto”.

É certificado internacionalmente como um dos melhores sítios do mundo para ver o céu”, afirmou João Paulo Sousa, na certeza de que “podemos ir a Pampilhosa da Serra, a Góis e a Arganil para apreciarmos algo que não precisamos de procurar lá fora”, uma paisagem noturna que se mostra clara e imaculada, graças aos baixos índices de poluição atmosférica e à baixa luz artificial.

Este privilegiado observatório natural, entre a ciência e a imaginação, entre o céu e a serra, é assim um convite a “desligar” da azáfama diária, para “conectar com o mundo e connosco próprios, funcionando como um alimentador da consciência e da paz, e permitindo que voltemos a olhar para a natureza e ao céu”, expressou o Vereador da Câmara Municipal, Rui Simão, na sequência da apresentação do projeto.

Para aumentar o conhecimento e despertar a curiosidade dos (astro)turistas em relação ao firmamento, estes territórios propõem diversos tipos de experiências, que vão desde eventos de observação guiada, a pé ou de canoa, até à visita autónoma.

A apresentação do projeto, ficou ainda marcada pela passagem do filme promocional “A Um Palmo do Céu”, que agrega todos sentimentos que este céu certificado transmite: serenidade, paz, descoberta, mistério, amor e reflexão.

Ficou assim o repto para a descoberta de um universo que, apesar de distante, está aqui tão perto, em Pampilhosa da Serra, Góis e Arganil.

Outros artigos

Ver também

Close
Back to top button
Close
Close